domingo, 29 de setembro de 2013

Exposição de modelos em papel

O SWCP vai organizar uma exposição de modelos em papel abrangendo os mais variados temas,incluindo Star Wars, montados pelo Paulo Oliveira na Biblioteca Municipal do Barreiro de 3 a 31 de Outubro de 2013.
Horário:
 Dias úteis e Sábados: Das 09,30 às 12,30 horas e das 14,00 às 17,45 horas
Entrada livre!

Entrevistas SWCP: Michael Carter


Michael Carter é um ator escocês que participou em filmes como: O Ilusionista, Um Lobisomem americano em Londres, Centurião e Star Wars: O Regresso de Jedi,onde interpretou o papel do Bib Fortuna.

SWCP: Como surgiu a oportunidade de fazer parte do elenco de Star Wars: O Regresso de Jedi?

M.C: Eu tinha sido observado pelo diretor de casting numa peça de teatro em que participei. Eles procuravam alguém com a minha estatura (1,93 m) e que se pudesse movimentar bem, então fui entrevistado pelo Richard Marquand e acabei por ficar com esse papel.

SWCP: Parece que a sua “transformação” no Bib Fortuna durou mais de oito horas na sessão de maquilhagem. É difícil atuar nesse tipo de papéis?

M.C: É fisicamente pouco confortável e é cansativo mas do ponto de vista de um ator, interpretar esses personagens é fácil.

SWCP: Tem algum personagem favorito de Star Wars além do Bib Fortuna, obviamente?


M.C: De facto, não tenho.

SWCP: Qual foi o seu primeiro papel em filmes?

M.C: Interpretei o papel do Sr. Clark num filme de arte britânico chamado `A filha do Draughtman´.O Sr. Clark era um irlandês.

SWCP: Lembra-se de alguma situação engraçada que se tenha passado durante as filmagens de Star Wars?

M.C: Na minha primeira cena tinha de caminhar pelo cenário. Tinha de olhar para a câmara mas a minha visão era muito limitada. Portanto não podia ver a marca no chão por onde tinha de passar e continuei a não acertar o caminho.Então,eles pregaram uma ripa de madeira no chão para eu poder sentir a minha marca. Mas quando eles disseram 'Ação' andei para a frente, tropecei na ripa e caí fora do cenário!

SWCP: Que mensagem quer enviar aos fãs de Star Wars?

M.C: Que a Força esteja convosco…
 
ENGLISH VERSION:

Michael Carter is a Scottish actor who worked in many films and series such as: The Ilusionist, An American Werewolf in London, Centurion and Star Wars: The return of the Jedi, where he played the role of Bib Fortuna. 

SWCP: How there appeared the opportunity for making part of the Star Wars cast?

M.C: I had been seen by the casting director in a theatre show. They were looking for someone my height who could move well and I was interviewed by Richard Marquand for the job and got it.

SWCP: It seems that your “transformation” into Bib Fortuna, took over eight hours in the make-up department. Is it difficult to play characters of this type?


M.C: It is physically uncomfortable and tiring but from an actor’s point of view playing these characters is easy.

SWCP: Have you any favorite Star Wars character besides Bib Fortuna (obviously)?

M.C: Not really.

SWCP: What your first role was in movies?

M.C: I played a Mr. Clark in a British art house film called The Draughtsman’s Daughter. Mr. Clark was an Irishman.

SWCP: Do you remember of any funny situation during the filming of Star Wars?

M.C: My first scene was a walk in to close up. I had to look over the camera and my vision was very limited. So I couldn’t see my mark and kept missing it. They then nailed a piece of wood to the floor so I could feel my mark. But when they said ‘action’ I walked forward, tripped on the wood and fell out of shot.

SWCP: What message would you like to leave for the fans of Star Wars?

M.C: May the Force be with you…..

Mike

 

 

 

sábado, 28 de setembro de 2013

Descobriram uma forma de fazer no futuro sabres de luz!




Já não é apenas ficção científica!Concentrando um grupo de fotões(partículas elementares responsáveis pelos fenómenos eletromagnéticos)em moléculas ,dois cientistas de Harvard/MIT descobriram uma nova forma que poderia ser eventualmente aplicada em sabres de luz como os de Star Wars.


Quando os fotões interagem,impulsionando e desviando a sua trajetória uns contra os outros,a física destas moléculas conhecida como Ridberg Blockade,é similar ao que vemos nas lâminas dos sabres de luz.É claro que tudo isto ainda está em fase de pesquisa,mas já é um ponto de partida!


sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Aliança Salvador III


O Conselho Jedi Bahia(Brasil) completa finalmente a sua trilogia de eventos com a Aliança Salvador III.Pela primeira vez,contará com a presença de Mouro Ramos,o dobrador da voz do General Grievous na versão brasileira.Este evento será realizado no dia 9 de Novembro entre as 13,00 horas e as 19,00 horas.Fonte: http://www.conselhojedibahia.com

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Passatempo La Casa de Kenobi:As fotos


O Luís Oliveira foi o vencedor do passatempo La Casa de Kenobi,e enviou-nos fotos do respetivo prémio:Um conjunto exclusivo de cartas das figuras e veículos da Kenner e as compras que efetuou com direito a 15% de desconto.

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Entrevistas SWCP: David Russell



David Russell é um artista que tem trabalhado em storyboards e arte concetual para filmes como:The Wolverine,Paradise Lost,Red Tails,Crónicas de Nárnia,Exterminador II,Star Wars,etc. 

SWCP: Na sua opinião, qual é a importância dos storyboards nos filmes? 

D.R: Os storyboards fornecem o primeiro olhar sobre o filme tal como deve ser filmado. O storyboard reanima o processo de narração das histórias, fornecendo um mapa visual do filme. Antes deste momento, a história existia só em forma de texto, e possivelmente um conjunto limitado de ilustrações conceituais. É via storyboarding que um diretor pode começar a estabelecer a narrativa singular do novo filme, e também a definir oportunidades e fraquezas no roteiro.

SWCP: Onde vai buscar a inspiração necessária para os seus trabalhos?

D.R: Eu sempre tive uma imaginação vívida, que foi aumentada com a literatura, filmes e outras formas de arte. Nos meus anos formativos tive uma grande influência pelos trabalhos de Carravagio, Vermeer,o Pré-rafaelitas, Impressionistas franceses, Gauguin, Lautrec, Jack Kirby, NC Wyeth, Jack Kirby e Frank Frazetta.

SWCP: É o autor da novela “Enchanters”.Que tipo de novela é essa?

D.R: A minha novela de estreia é uma epopéia,um jogo de aventuras de fantasia contemporâneo passado basicamente na Noruega. O herói-uma jovem americano- norueguesa chamada Glys Erlendson,descobre que não é humana, propelindo-a sobre o que é belo, mas oferecendo uma série de jornadas muitas vezes perigosas, estendendo-se desde as florestas secretas da Noruega às demolidoras ruas de Los Angeles. A história culmina num Submundo escuro e vicioso; aqui a Glys descobre o seu próprio destino, e a humanidade em liberdade.Enchanters: Glys of Myradelle está disponível no Amazon.com.

SWCP: Participou também em Star Wars: O Regresso do Jedi.Pode falar-nos um pouco acerca do seu trabalho nesse filme?

D.R: O regresso do Jedi foi a minha primeira participação em filmes. Antes deste salto assombroso, trabalhei como artista de storyboard em animação- um emprego terrível naquele período, dado que o ressurgimento dos filmes de animação de alta qualidade só teria tal sucesso no futuro. Entrando na ILM naquele primeiro dia, pareceu-se com a entrada na Cidade -Esmeralda de Oz. O meu primeiro trabalho foi criar a pós-montagem dos storyboards da climática batalha de sabres de luz entre o Luke e o Vader! Depois inseri-a na Batalha Espacial final, tendo terminado a minha tarefa como um aprendiz de modelador na câmara dos reatores da Estrela da Morte. Resumindo, foi uma experiência fabulosa - e ao mesmo tempo uma sensação agridoce, desde que a equipa sentiu que `O Regresso de Jedi´ seria o último filme de Star Wars, nessa época. De um certo modo, tivemos razão.

SWCP: Por falar em Star Wars, é um fã desta saga?

D.R: Muito mesmo, e desde a noite de abertura de Star Wars em 1977!

SWCP: Que mensagem gostaria de enviar aos fãs de Star Wars?

D.R: Stars Wars modificou o modo em que os filmes são feitos, e deu voz a um número tremendo de talentos nessa indústria. A visão de Lucas também aumentou o poder imaginativo na produção de filmes - aumentando a fasquia criativa, tendo um efeito maravilhosamente positivo em todo o mundo. Não sou realmente um fã dos últimos episódios (neste caso os da nova trilogia), há que apreciar tanto o conteúdo visual como o político de todos os filmes de Star Wars; de fato, as últimas qualidades são muitas vezes ignoradas pelos críticos e fãs.

Cumprimentos!





 

ENGLISH VERSION:
 

David Russell is an American artist who has been working for the movies industry in storyboards and conceptual art in movies such as: The Wolverine, Paradise Lost, Red Tails, Chronicles of Narnia, Terminator II,Star Wars: Episode VI,among others.

SWCP: In your opinion, what´s the importance of storyboards in the movies?

D.R: Storyboards provide the first look of the film as it could be shot. The storyboard breathes new life into the storytelling process, providing a visual roadmap of the film. Prior to this moment, the story has existed only in text form, and perhaps a limited set of concept illustrations. It is via storyboarding that a director can begin to establish the singular narrative of the new film, and also define opportunities and weaknesses in the screenplay.

SWCP: Where do you go for the necessary imagination for your works?

D.R: I've always had a vivid imagination, which has been augmented by literature, film and other art forms. In my formative years I was greatly influenced by the works of Caravaggio, Vermeer, the Pre-Raphaelites, the French Impressionists, Gauguin, Lautrec, Jack Kirby, NC Wyeth, Jack Kirby and Frank Frazetta.

SWCP: You are the author of the novel "Enchanters: Glys of Myradelle".What kind of novel is this?

D.R: My debut novel is an epic, contemporary fantasy adventure set largely in Norway. The hero---a young Norwegian American named Glys Erlendson-discovers that she is not human, propelling her upon a beautiful, but often dangerous series of journeys, stretching from the secret forests of Norway to the demon laden streets of Los Angeles. The story culminates in the dark, vicious Underworld; here Glys discovers her own personal destiny, and that of humanity at large.

Enchanters: Glys of Myradelle is available from Amazon.com

SWCP: You worked in Star Wars: Return of the Jedi. Could you tell us a bit more about your work in this film?

D.R: Return of the Jedi was my first film assignment. Prior to this amazing leap, I worked as an animation storyboard artist--a dreadful job at that period, given that the resurgence of high-quality animation films still lay in the future.

Walking into ILM on that first day was like entering the Emerald City of Oz. My first job was to create postproduction storyboards for the climactic light-saber battle between Luke and Vader! I then moved on to the end Space Battle, and finished my assignment as an apprentice model-maker on the Death Star Reactor Chamber. All in all, it was a fabulous experience--and a trifle bittersweet, since the crew felt Jedi would be the last Star Wars film. In a way, we were right.

SWCP: Speaking of Star Wars, are you a fan of this saga?

D.R: Very much so, and since the 1977 opening night of Star Wars!

SWCP: Would you like to leave any message for the fans of Star Wars?

D.R: Stars Wars changed the way films are made, and has given voice to a tremendous number of industry talents. Lucas' vision also increased the imaginative power of filmmaking--raising the creative bar, so to speak, which has had a wonderfully positive effect across the world. While I'm not really a fan of the latest series, one must appreciate both the visual and political content of all the Star Wars films; indeed, the latter qualities are often overlooked by critics and fans alike.

Regards,

David


 

 
 


 

 


terça-feira, 24 de setembro de 2013

Novidades da linha Elite Collection



A ATTAKUS vai lançar em Novembro de 2013 mais duas estátuas da linha Elite Collection: 212 th Attack Battalion-Utapau Clone Trooper à escala de 1:10( 20 cm de altura).Esta é uma edição limitada a 999 exemplares.Preço: 89,00 Euros.
Revenge of the Sith Classic Clone Trooper,com edição limitada a 1500 exemplares.Preço: 79,00 Euros.Relembramos aos sócios do SWCP que têm um desconto de 18% em compras dos artigos deste fabricante até ao final deste ano,bastando para tal a solicitação via correio eletrónico do respetivo código para o desconto.

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Imaviz Underground




Lisboa tem um novo ponto de referência na sua cultura alternativa e Underground. Um conjunto de lojas, oriundas de diversos projetos e de diversas áreas de negocio, com entidades alternativas em comum, decidiram juntar-se e devolver a esta cidade um espaço para quem esta saturado do "mainstream" das modas. O local escolhido é o Centro Comercial Imaviz, um dos primeiros espaços comerciais de Lisboa, localizado bem no coração das Sete Colinas. Próximo do Marquês de Pombal, a saída de Metro da estação de Picoas é precisamente dentro de um dos corredores do Imaviz, que tem ainda outros dois acessos exteriores. Servido por Metro e diversos autocarros, com estacionamento no edifício e nas redondezas, não há desculpas para não ter como lá chegar. Discos de Vinil, CD´s, novos e usados, Comic Book Store, Tattoos & Body Piercing, Streetwear, Calçado, Decoração e roupa personalizada, acessórios de moda, Instrumentos musicais, bar e discoteca, Sex Shop, e muito mais estão à vossa disposição.
Visita-nos... SUPPORT YOUR LOCAL UNDERGROUND STORE!
Tens uma loja ou negócio alternativo que ainda não exista no projeto e gostavas de te juntar a nós? Contacta-nos. Todos são bem-vindos.
 
WE can save you!!! Imaviz Underground is NEW finest spot for you to visit when in holidays in our beautiful Lisbon. You can stroll between Books and Comics,Records and Cd´s,Vintage Clothing and Streetwear,Action Figures and Statues. Rock n Roll Memorabilia and Collectables, Custom Jewelery and accessories, Hand made guitars and musical instruments and even get your new Tattoo or piercing! All these shops and more are located @ Shopping Center Imaviz (Av.Fontes Pereira de Melo 35) ....Tube station: Picoas right in central Lisbon.
Drop us a visit and feel free to share this with your friends. Thank you.




No próximo dia 28 de Setembro, Sábado, as lojas do Imaviz abrem as portas às 11 horas e estão em funcionamento até as 24 horas. Com este horário alargado pretendemos dar tempo a todos, aqueles que ainda não conhecem as nossas lojas, a virem até cá. Durante todo o dia podes usufruir de descontos nas lojas, nos artigos devidamente assinalados, podes visitar a Galeria Imaviz Underground onde esta patente a exposição de fotografia do Pedro Almeida, podes também assistir à atuação da banda Opus Diabolicum e passar um tempo diferente num espaço diferente. A noite acaba no MetropolisClub com mais uma festa da Rockline Tribe! Todas as  pessoas que fizerem compras, no valor mínimo de 5 euros, nas lojas Glamorama Rockshop,  My name is MUER†E, Clockwork Lisboa, MONGORHEAD, Svee Guitars,  DROP D , Funny Sex Shop, ganham uma entrada gratuita para a noite no Metropolis.
Esperamos a tua visita, vão haver surpresas de ultima hora que só quem estiver presente vai puder usufruir.
Keep It Underground!
 A nossa parceria MONGORHEAD está localizada na loja 37 deste espaço, tendo diverso material de Star Wars (e não só) como:Action figures,comics,etc.





Updated Themes with Michael and Ben- Star Wars Imperial March

domingo, 22 de setembro de 2013

Entrevistas SWCP: Bai Ling




A modelo e atriz Sino-Americana Bai Ling,é uma presença habitual em filmes e séries como: Wild,wild West, O Corvo (1994),Lost,Entourage,Taxi III,entre outros. Em Star Wars: Episódio III,interpretou o papel da senadora Bana Breemu.

SWCP: Sendo seu pai, um músico e professor de música e a sua mãe uma dançarina e atriz, tiveram alguma influência sobre a sua carreira como atriz e modelo?
B.L: Acho que sim, porque foi nesse ambiente à minha volta que vivi e sonhei quando era criança, aprendi a tocar PIPA profissionalmente, o instrumento mais difícil está lá para aprender e também aprendi a tocar violino. A música foi uma grande coisa que me aconteceu enquanto eu crescia, eu deveria ser um músico. Mas mais que tudo isso, foi a minha avó que me influenciou, os meus pais estavam quase sempre longe de alguma forma durante a revolução cultural na China, eu estava com meus avós o tempo todo e gostava muito de estar com eles porque nutriam por mim um amor incondicional puro, o amor verdadeiro e uma enorme generosidade e abertura para a vida, que me deu a oportunidade de encontrar-me, de ser eu própria, de respirar meu próprio ar mágico e pensamentos, descobrindo quem eu realmente era por dentro, e para sentir e perceber: Por que estou aqui? E qual é o meu único presente dentro de mim que é tão mágico para que eu possa contribuir para este mundo? E o que está na minha alma para dar esse presente mágico e único, uma forma e oportunidade de brilhar neste mundo? A verdade sobre mim.
SWCP: Foi a primeira mulher Chinesa a ser a capa da edição americana da revista Playboy, bem como tendo mais 8 páginas
dessa revista dedicadas a si. Foi por causa disso, que teve problemas com a Lucasfilm?
B.L: Não sei qual foi a verdadeira razão, mas nunca me importei, porque isso é uma pura decisão que o realizador teve o direito de fazer. Mas para mim, senti muita sorte por ter trabalhado com o George Lucas, foi o realizador que fez um mundo de sonho se tornar realidade para as nossas vidas, eu amo "Star Wars" tão lindo... E eu tenho de dizer que trabalhei com ambos: George Lucas e Hugh Hefner, os dois maiores ícones da cultura neste mundo, foi um sonho que se tornou realidade para mim, não há nada que eu possa reclamar, mas sim sentir-me grata. Nunca imaginei, mas aprendi muito a trabalhar com eles, e só por isso, eu me senti muito, muito sortuda e feliz. 


SWCP: `The Shining Arc´ foi seu papel mais famoso na indústria cinematográfica chinesa?
B.L: Acho que você quis dizer" Arc Light " , que foi um brilhante thriller mental, e que fez uma grande agitação na China naquele tempo. Mas não, muitos outros filmes também... Acho que o meu filme mais famoso foi "Dumplings".Foi feito em Hong Kong, porque esse papel "Mei Yi" que eu interpretei (o personagem mais místico na tela) me fez ganhar um prêmio de atuação nos Óscares asiáticos e também outros três grandes prémios em toda a Ásia. Eu gostaria de lhe recomendar a ver esse filme, vai chocá-lo e tirar-lhe o fôlego, porque você ficará totalmente surpreendido, que Bai Ling na tela é o que você tem, nunca teria sonhado e imaginado que ela poderia ser fantasticamente insana. E o novo filme que acabei de rodar chamado "Contrato Fatal", estou muito animada com este filme, vai ser outro que irá chocá-lo, é sobre o meu desempenho até ao limite, um
esgotamento em atuação mental. Ha!ha!Estou tão excitada só de pensar nisso!!! O filme está em pós-produção agora e prestes a ser terminado.
SWCP: É curioso que você foi mais premiada e reconhecida em filmes independentes do que propriamente em blockbusters. Isto é devido à qualidade dos papéis que você interpretou nesses filmes?
B.L: Sim, se eu entendi a sua pergunta, mas "Star wars", "Wild Wild West""Capitão Sky:O mundo do amanhã","Anna e o rei", e "Crank2" são filmes de sucesso. Acho que sou uma atriz ousada, posso fazer qualquer tipo de filmes, qualquer tipo de papéis, de 1 a 100 de gama, não vou por quaisquer regras ou maneiras como as formas normais da nossa maneira de pensar, vou além da limitação perigosa da mente e dos nossos pensamentos e imaginação, encontro o caminho oposto possível para meus personagens até ao limite, e penso como se devem comportar além do mesmo. Gosto de saber até ao momento em que tenho de respirar o meu personagem; é por isso que posso fazer todo o tipo de papéis em filmes de sucesso e filmes independentes e também em comédia, ação, drama psicológico, ficção científica, eu posso fazê-los todos de formas totalmente diferentes e trazê-los misteriosamente à vida, porque no meu mundo, a minha mente e a terra espiritual da minha alma, não existem limites. Sei que os papéis de grande sucesso para o público estão a caminho para me encontrar, porque eles precisam dos meus serviços.
SWCP: A máquina da cultura Pop de Hollywood, designou-a como uma vadia louca. Você acha que tem sido injustiçada e que só tem sido revelado o seu lado perverso como atriz e pessoa? 

B.L: Sim, é verdade, é ao mesmo tempo triste e engraçado, a criança selvagem louca e engraçada com certeza que está em mim, mas isso é apenas uma parte muito pequena de mim, eu tenho 8 pequenos espíritos que estão dentro de mim, eu sou um fazedor da paz na minha casa .Mas sim a máquina de Hollywood alarga esse lado da maluca sexy e selvagem, porque isso dá origem a uma manchete imediata e cores brilhantes para a cultura pop jovem de Hollywood, realmente não me importo, mas quero que as pessoas---você, meu caro amigo, que realmente vejam e conheçam o complexo lado real, sensível e venerável da Bai Ling, porque eu em grande parte sou muito mais fascinante e sexy, posso lhe fazer rir, posso fazer você chorar, eu posso movê-lo com meu terno amor e ainda fazer você dançar na mesa e até mergulhar no oceano profundo.
Como atriz e como mulher, eu tenho o pacote inteiro de tudo o que é necessário para fazer uma mulher fantástica, que é só o meu dom para ser atriz. É por isso que estou aqui para vos entreter e levar-vos fora da vossa mente e vos dar muita alegria.As pessoas conhecem-me mais agora, através de todos os meus meios de comunicação sociais como:
 http://officialbailing.com , twitter, facebook, porque as pessoas têm a oportunidade de me conhecer e de me ouvir diretamente através de mim como a real Bai Ling. É engraçado como as pessoas dizem o meu nome Bai Ling, eu tenho que usar muitas vezes @realbailing. Eu fui mostrando mais dos meus lados sofisticados e elegantes como atriz talentosa e mulher moderna e confiante, orgulho-me de ter percorrido este caminho por conta própria, desde a menina do sudoeste da China contando as estrelas no céu que não sabia nada, até à idade dos 14 anos que percorreu o Tibete durante três anos como um pequeno soldado, até todo o restante caminho para se tornar numa estrela de cinema em Hollywood... Quando revejo todo esse percurso como um milagre diante dos meus olhos...


E eu quero compartilhar com vocês uma excelente notícia: Acabei de receber uma oferta para ser a protagonista de um belo argumento baseado num romance vencedor do Prêmio Nobel. Estou muito animada!!! Começamos a filmar este filme no próximo mês em Los Angeles. Mal posso esperar!
SWCP: Que mensagem gostaria de enviar aos seus fãs?
B.L: Lembrem-se sempre: para serem mais brilhantes do que vocês são, tenham sempre em conta o que os outros possam dizer. E por último, quero compartilhar convosco a verdadeira Bai Ling que eu sei que "ela" diz: Quando estou a pensar, sou um idiota, quando não estou a pensar, sou um génio.
Muito obrigado por esta oportunidade e por favor, visitem todos os meus meios de comunicação sociais para os meus fãs e amigos.
 Obrigado!
 Comecem com:  http://officialbailing.com 

ENGLISH VERSION:
The Chinese -born American actress and model Bai Ling, is a usual presence in several films and series such as: Wild, Wild West, The Crow (1994), Taxi III, among many others. In Star Wars: Episode III, she played the role of Senator Bana Breemu.
SWCP: Being your father a musician and a music teacher and your mother a dancer and actress, had any influence on your career as an actress and model?
B.L: I think so, because that’s what the Atmosphere around me when I live and dream as a child, I learned instrument when I was a child, I play PIPA professionally, the hardest instrument is there to learn, and also learned Violin, music is a big thing when I growing up, I should be a musician instead. But more so I know it is my grandmother who influenced me, my parents always away somehow, that was the time during the culture revolution in China, I was with my grandparents all the time and enjoyed being with them so much, because all they have for me is unconditional pure love, the grounded real love and Generosity, and the openness to life, that gave me the chance to find me, to be me, to breath my own magic air and thoughts, to find who I really is inside, and to find and feel and realize:  Why am I here? And what is my unique gift inside me that is so magical that I can contribute to this world? And what is in my soul to give that unique magic gift a way and chance to shine this world? The truth of me. 


SWCP: You were the first woman from China to be on the Playboy cover American addition and plus 8 pages inside. It was because of this, that you had problems with Lucasfilm? 
B.L: I don't know what the real reason was, but never really cared, because that is a pure decision that director has the right to make. But for me I felt very lucky to have worked with George Lucas, he was the director made a dream world become a reality to our lives, I love " Star Wars " so beautiful… and I have to say both worked with George Lucas and Hugh Hefner, the 2 biggest culture icon in this world, was a dream become true for me, there is nothing I can complain, but to be grateful. I have never imagined, but I see and learned a lot by worked with them, and Just that alone I felt very ,very lucky and happy.
SWCP: `The Shining Arc´ was your most celebrated role in the Chinese film industry?
B.L: I think you meant “Arc light “that was a brilliant mental thriller, made a big noise in China at that time. But no, many other films too… I would say my most celebrated film  was " Dumplings " I made in Hong Kong, because that role " Mei Yi " I made and played ( the most mystical character on screen) earned me an Asian Oscar acting award and also additional another 3 major awards throughout Asia.
I would like to recommended you to see that film, it will shock you and take your breath away, because you will be totally surprised, that Bai Ling on screen is the one you have ever never would dreamed and imagined she could be, totally fantastically insane. And the new film I just finished called: “Fatal contract”, I am very excited about this film, it will be another one to shock you about my on the edge of mental breakdown performance. Ha!ha! I am so excited just to think of it!!! The film is in post production right now and almost done.

SWCP:  It is curious that you have been most awarded and recognized in independent films than properly on blockbusters. This is due to the quality of the roles that you played in these films?
B.L: Yes if I understand your question, but “Star wars”, " Wild Wild West ",” Sky captain the world of tomorrow ", " Anna and the King ", and " Crank2 " are blockbuster films. I think I am a daring bold actress, I can do any films, any kind of roles, from 1 to 100 range, I don't go for any rules or ways that how the normal ways of our mind thinking, I go beyond the dangerous limitation of the mind of our thoughts and imagination, I find the opposite way  possible for my characters to dance on the edge, and to think and behave beyond even I would know till the moment I am on set breath my character , that is why I can do all kinds of roles both in blockbuster films and independent films, and also from Comedy, action, to serious psychological drama, to Science Fiction, I can do them all in totally different ways and bring them mysterious alive, it is because in my world, my mind and my spirit land of my soul, there is no limit. I know for curtain, those blockbuster big roles are on their way to find me, because they need my Service.
SWCP: The pop culture Hollywood machine has brought you out as a crazy slut.Do you think you´ve been wronged and that has only been revealed your kinky side as an actress and person?
B.L: Yes, it is true, both its sad and funny, the funny crazy wild child is for sure in me, but that is just very tiny little part of me, I have 8 little spirits that are inside me, I am a peace maker in my house:-) But yes the Hollywood machine enlarged that side of wild sexy crazy me, it is because that is a immediate headline
news and flash colors for the young pop culture of Hollywood eyes to blink huge, I don't really mind that, but I want people and you my dear friend, to really see and know me, the real sensitive venerable complexes Bai Ling, because that me in much more fascinating and sexy,  I can make you laugh, I can make you cry, I can move you with my tender love, and yet make you dance on table and jumper all the way to the deep ocean .
As an actress and as a woman, I have the entire package of everything that is needed to make a fantastic woman that is just my gift to be an actress. That is why I am here to show you to entertain you, to serve and ultimately take you out of your mind and give you tremendous joy. People know me more now, through all my social media like my http://officialbailing.com, twitter, facebook, because there people have the chance to know me and hear me directly through me as the real Bai Ling. It’s funny people took my name Bai Ling, I have to often use @realbailing .I have been showing more of my sophisticated elegant sides as the talented actress and fashionable confident modern woman, I am proud myself walked all the way on my own, from that little bare foot little girl from the southwest of China counting the stars on the sky knowing nothing, then at the age of 14, walked to Tibet for 3 years as a little Soldier, then all the way to become a Hollywood movie star…. when I think back of my journey, it’s like a miracle in front of my eyes…..
And I want to share with you excellent news, I just got an offer to be the leading lady for a beautiful breath taking script that is based on a Nobel Prize winning novel, I am extremely excited!!! We begin shooting this movie next month in Los Angeles. Can't wait!!!

SWCP: What message would you like to leave for your fans?
B.L: Always remember: To be the most brilliant of who you are always, regardless of how others might say. And last, I want to share with you the real Bai Ling that I know, she says:  When I am thinking, I am an idiot, when I am not thinking, I am a genius. Thank you so much for this, and please link to all my social media to my fans and friends, thank you! Start with: http://officialbailing.com



 

 

sábado, 21 de setembro de 2013

Comandante Cody em formato Premium



A Sideshow já tem em pré-venda a estátua do Comandante Cody em formato Premium que estará disponível para entrega em Maio de 2014.Preço: US$379,99.

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Angry Birds Star Wars II


Angry Birds Star Wars II é a sequela do primeiro jogo que foi lançado em Novembro de 2012.A Rovio disponibiliza este jogo para três plataformas móveis: iOS,Windows Phone e Android,sendo que esta última,terá uma versão adicional grátis.Angry Birds Star Wars II inclui mais de 30 personagens da saga,tendo ainda a companhia de uma linha de brinquedos "Telepods"produzidos pela Hasbro em que os jogadores terão a possibilidade de fazer um Scan para a importação dos personagens para o jogo.
Fonte: http://www.theguardian.com


quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Jedicon Sº Paulo 2013

Na Jedicon SP deste ano vamos tentar algo inédito (Pelo menos, pra nós):
Vamos tentar fazer uma FOTO OFICIAL DO EVENTO, onde apareçam TODOS os
fantasiados que lá estiverem, reunidos no palco ou naquele saguão da entrada
para o auditório. Gostaríamos de fazer isso na parte da tarde, mais próximo da
hora do Concurso de Fantasias que deve acontecer às 17h00. Então, se você
quer nos ajudar a estabelecer o record de maior número de fantasiados numa
foto oficial de Jedicon, apareça nesta área entre 16h00 e 16h30 pra que a
gente consiga eternizar um dos momentos mais mágicos de todas as Jedicon's!
Afinal, como disse Yoda, "Faça ou não faça! Tentativa não há!".
Marcelo Chewie post

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

NISSAN JUKE TVCM "City of Stormtroopers"

Entrevistas SWCP: Adam Kirley


Adam Kirley é um ator/duplo e coordenador de duplos que tem trabalhado em filmes e séries como: Choque de titãs,Eragon,Quantum of Solace,Casino Royale,Munich,Sahara,Tomb Raider,etc,tendo sido o duplo de vários atores como Sam Worthington,Daniel Craig,Steve Zahn,entre outros. 
SWCP: Fale-nos do seu trabalho nos filmes do James Bond:Quantum of Solace e Casino Royale.
A.K: Fui o duplo do Daniel Craig em Casino Royale, a maior parte do meu trabalho nesse filme foi como duplo em condução. Também dobrei o Sebastien Foucan para o seu salto do guindaste no início do filme como seu duplo, impedindo-o de executar essa cena para não se magoar. Em Quantum of Solace eu testava e ensaiava com os veículos e fui um coordenador de efeitos especiais para os duplos, porque ainda estava a recuperar de uma grande cirurgia que tinha feito há alguns meses antes.
SWCP: Gosta mais de dobrar atores ou de coordenar duplos?
A.K: É difícil de responder, gosto de atuar mas isso tem sido uma carga pesada para o meu corpo durante 14 anos, portanto tentei dar o salto para a coordenação. Agora adoro ambos, com a coordenação tenho a possibilidade de ser criativo e de desenhar as sequências de ação, uma coisa que gosto muito de fazer. É uma progressão que tem de ser feita, você somente tem de libertar apenas o seu ego.
SWCP: Está inscrito no livro de recordes mundiais (Guiness) como tendo sido a pessoa que conseguiu andar com um carro às voltas no ar no total de sete. Como foi essa experiência?
A.K: Stressante! 

As piruetas no ar com o Aston Martin foi uma tarefa pressionante, houve muita condução para se chegar a essa perfeição. O coordenador de duplos Gary Powell, tinha uma visão para como o desastre tivesse de parecer, assim testamos durante meses noutros carros para tentarmos aperfeiçoar essa cena. Apercebemo-nos que fazer isso em alta velocidade sobre uma rampa baixa deu o resultado desejado. Quando chegou o momento de rodarmos essa cena à noite, tentamo-lo, mas o carro não rolou. Isto foi um grande aviso para o Aston Martin já que tinha de se corrigir no ar e aterrar nas suas rodas. Afortunadamente tínhamos um carro extra com um "Canhão" aparelhado nele. Portanto agora tínhamos de nos despachar antes que a luz do Sol surgisse. O Gary disse-me vira-o apenas de "pernas" para o ar, desde que faça parecer um acidente. Antes que soubesse, já estava na minha posição de partida, com o Canhão carregado. Ouvi a confirmação de que estavam seis câmeras de rotação a filmar. Então 3,2,1, Ação! Acelero a aproximadamente 128,75 Km por hora e liguei o canhão. A primeira coisa que me lembro foi de saber onde deveria estar o céu e de ver as linhas brancas da estrada a voarem e imediatamente sentir o alívio de a minha tarefa ficar essencialmente feita, tive ainda de dirigir o carro para o acidente. Tendo depois gozado o passeio contando quatro piruetas antes de me preocupar em bater contra as árvores. Quando o carro parou, fiz o meu chek up de segurança e desliguei o carro, ouvi `Corta’! Então saí do carro. Tudo isto não me pareceu real até aproximadamente seis meses depois quando vi o filme. Também me diverti imenso por ter obtido o recorde mundial já que no ano anterior o meu padrasto Steve Griffin tinha estabelecido o recorde de 6 piruetas, portanto conseguimos manter o recorde na família. 
 SWCP: Qual foi a cena mais perigosa de duplos que fez até agora?
A.K: Penso que foi a cena que falámos anteriormente do Aston Martin e a do salto do guindaste em Casino Royale.
SWCP: Qual é o ator/atriz mais fixe com quem trabalhou?
A.K: Tenho tido a sorte em toda a minha carreira por ter trabalhado com muitos grandes atores, e a maioria deles entende que estamos lá para os fazermos parecer bem, portanto eles são geralmente muito simpáticos com os tipos e raparigas dos duplos.


ENGLISH VERSION:
Adam Kirley is a stuntman coordinator and performer who have been working in several films such as Clash of the Titans, Eragon, Quantum of Solace, Casino Royale, Tomb Raider, Sahara, etc, he has doubled for many heading actors including Sam Worthigton, Daniel Craig, Steve Zhan, among others.
SWCP: Tell us about your work on Quantum of Solace and Casino Royale.
A.K: I was Daniel Craig’s stunt double in Casino Royal; Most of my work on that film was as his stunt driving double. I also doubled for Sebastien Foucan for his crane jump at the beginning of the movie as his Double was injured preventing him from performing the stunt. On Quantum of Solace I was testing and rehearsing the vehicles and was a stunt rigger because I was recovering from a serious back surgery I had had a few months before.
SWCP: Do you like working more as a stunt performer or as a coordinator?
A.K: It’s hard to say, I love performing but it has taken its told on my body over the past 14 years so I have tried to make the jump to Coordinating. I now love both, With the Coordinating you get the chance to be creative and design action sequences which I love to do. It’s a progression that has to be made; you just have to let the ego go.
SWCP: You are in the Guinness World of records for the most rolls in a car a total of seven. How it was this experience?
A.K: Stressful! 


The Aston martin car roll was a high pressured job, there was a lot riding on getting it right. The Stunt Coordinator Gary Powell had a vision for what he wanted the crash to look like so we tested for months in other cars trying to perfect the look. We found that doing it at high speed off a low ramp gave the desired look. When it came to the night of the shoot we attempted it and the car didn't roll. This is a great advert for Austin Martin as the car corrected itself in the air and landed back on its wheels. We luckily had a back up car with a "Cannon" Rigged in it. So we now had to race the light as the sun was coming up. Gary said to me just get it upside down, as long as it looks like a crash. Before i know it I am in my start position, the Cannon has been charged. I hear the confirmation of all 6 cameras rolling. Then 3, 2, 1, Action! I accelerate to around 80 mph hit my mark and initiate the cannon roll. The first thing I recall is looking to where the sky should be and seeing the white lines of the road fly by and instantly feeling relief as my job was essentially done, I had managed to get the car to crash. Then I enjoyed the ride counting 4 rolls before i then got concerned that I was heading into the trees. When the car came to a stop I did my safety check and shut off the car, I heard "Cut" then got out of the car. It didn't seem real until about 6 months later when I watched the Movie. I was also fun getting the world record as the year before my step father Steve Griffin had set the record of 6 rolls so we managed to keep it in the family. 


SWCP: What is the most dangerous stunt you have done?
A.K:  I think it would be either the Aston Martin roll or the crane jump from Casino Royal.
SWCP: Which actor/actress has been the nicest to work with? 
 A.K: I´ve been lucky in my career to have worked with many great actors, most understand that we are there to make them look good so they are generally very nice to the stunt guys and girls.

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Lançamentos em DVD/Blu-Ray em Outubro


Lego Star Wars:The Yoda chronicles,terá o seu lançamento nos E.U.A no dia 12 de Outubro e que conterá os dois primeiros episódios da trologia de `The Phantom Clone´e ´Menace of the Sith´.Será também lançada a quinta temporada da série animada `Clone Wars´e uma coletânea de todas as temporadas desta série numa edição de colecionador nas versões DVD/Blu-Ray,nesse mesmo mês.Fonte: http://www.jedinews.co.uk

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Apresentação de SW:Rebels na Comic Con N.Y

Segundo uma notícia do CLUBE JADE ,Pablo Hidalgo fará uma apresentação da nova série de animação Star Wars:Rebels no dia 12 de Outubro na New York Comic Con com o subtítulo `Might of the Empire´.

domingo, 15 de setembro de 2013

Entrevistas SWCP: Lawrence Noble

Lawrence Noble é um conceituado escultor e ilustrador com mais de 40 anos de carreira, tendo produzido peças memoráveis como a estátua de bronze do fontanário que está localizado na sede da Lucasfilm em Sº Francisco.
SWCP: Como surgiu o seu envolvimento com a Lucasfilm?
L.N: A minha relação com a Lucasfilm começou em 1980 quando fui convidado para produzir um desenho de um poster de 'o Império Contra-ataca ‘que acabou por ser usado dez anos depois como o 10º Cartaz de Aniversário do filme. Para mim, este envolvimento, que conduziu a uma relação tão longa, foi um sonho de uma vida. É difícil pôr em palavras a alegria que senti naquela altura... Ter sido escolhido para projetar um cartaz da Lucasfilm? Foi simplesmente assombroso... Senti-o então e ainda o sinto passados tantos anos depois. Suponho que sucumbi ao feitiço que a Lucasfilm me lançou. Foi excitante. Fiquei de fato surpreendido por ter sido capaz de fazer algo, contudo, trinta anos depois, ainda penso nesses trabalhos de desenho.
SWCP: Fale-nos do seu mais recente livro `A arte de Lawrence Noble´publicado pela Dreams and Visions.
L.N: `A Arte de Lawrence Noble´ é um livro de arte que balanço dos quarenta anos da minha carreira. Ele começa com as minhas primeiras ilustrações e continua até ao presente. Ele documenta a minha viagem e a evolução no campo da escultura pública, contando histórias ao longo do caminho, bem como mostrando muitos ensaios fotográficos dos meus trabalhos em 2D e 3D.Tenho trabalhado em arte há muito tempo e você sabe que nunca tive uma demonstração do meu próprio trabalho. Isto é uma oportunidade de mostrar o meu trabalho, registrando a minha jornada. Assim espero que as pessoas queiram comprar 

um para a sua coleção. Tem sido um passeio emocional ter conseguido reunir tudo isso e a editora Dreams and Visions fez um trabalho notável nesse aspeto e em lançá-lo a público. Acredito que é um projeto de qualidade, e que reflete o melhor que podemos fazer!
SWCP: A estátua em bronze do Yoda que está localizada na sede da Lucasfilm é magnífica. Quanto tempo demorou a fazê-la?
L.N: Muito obrigado! Se bem me lembro, demorou um total de aproximadamente 5 meses. Um pouco daquele tempo foi composto por uma fase de desenho, ligado à escultura em barro e logo depois executado com o processo do fabrico em bronze. Foi fabricado na Fundição de Obras de Arte aqui em Berkeley, Califórnia. Tenho feito as minhas estátuas de bronze à grande escala aqui desde 1987. A escultura do Yoda foi enormemente recompensadora para mim, tal como foi a alegria ao esculpi-la. Antes de esculpir aquela peça, eu tinha estado a trabalhar arduamente durante muito tempo no Monumento dedicado aos Bombeiros da Califórnia. Tive a honra de ter sido escolhido para fazer esse monumento, e adoro os bombeiros, contudo, fiquei esgotado a nível emocional e assim foi bem-vinda a possibilidade de trabalhar num personagem tão amável! Adoro o Yoda. Ele faz-me pensar na vida e no que ela significa... E ele faz-me sorrir.
SWCP: Como surgiu a ideia de em 2008 fazer uma pintura do poster original de Star Wars do seu saudoso amigo e colega Ralph McQuarrie?
L.N: Ralph McQuarrie foi um grande e querido amigo meu e uma inspiração para mim! Fiquei abismado com a sua capacidade única de concetualizar. Tivemos muitas conversas sobre a arte e a Saga de Star Wars, que foram sempre muito agradáveis. 

Quando ele não foi mais capaz de pintar, o seu publicador, Stan Stice, o proprietário da Dreams and Visions, perguntou-me se eu gostaria de pintar o seu desenho original para `Star Wars: Uma Nova Esperança' (O Episódio 4). Naturalmente eu disse que sim. Adorei aquele desenho e tive a honra de me ter sido pedido para fazê-lo. O Ralph trabalhou ao meu lado, dirigindo-me nas cores e imagem que ele tinha em mente aquando do seu projeto original. No fim, o Stan e o Ralph ficaram ambos agradados com a pintura o que certamente me fez feliz! A editora Dreams and Visions é a editora do meu livro, portanto eu diria que as coisas têm corrido bastante bem... A propósito, se você olhar minuciosamente para a assinatura, você verá as iniciais 'RMQ' por cima do meu nome. Isto foi feito em defesa e honra ao meu amigo.
SWCP: Foram recentemente inauguradas pelo próprio George Lucas, duas estátuas em bronze feitas por si, do Mestre Yoda e do Indiana Jones, no Imagination Park em San Anselmo/Califórnia. Como foi essa experiência para si?
L.N: O Imagination Park em San Anselmo, foi uma maravilhosa experiência para mim. O terreno do parque foi doado pelo próprio George Lucas. Tenho testemunhado a gratidão que San Anselmo tem para um tão belo parque na sua rua principal. É um lugar para a comunidade se reunir. San Anselmo é a cidade natal de George Lucas e onde os personagens Yoda e Indiana Jones foram originalmente criados. Sinto-me agradecido por ter a oportunidade de estar implicado com esse parque. Ter passado algum tempo lá com o George foi uma experiência maravilhosa. Ele de fato inaugurou as duas estátuas! Ter testemunhado isso, foi assombroso... Fiquei tão orgulhoso por ter sido convidado e


mais orgulhoso ainda por a minha esposa, Libby,ter lá estado comigo!
SWCP: Que mensagem gostaria de enviar aos fãs dos seus trabalhos?
L.N: Fui realmente abençoado por ter tido a oportunidade de dedicar a minha vida à arte. É algo que tem enriquecido a minha experiência de vida. Agradeço a todos aqueles fãs que gostam do meu trabalho. Como artista, sinto-me satisfeito quando a mensagem da minha expressão para a qual trabalhei tanto, é aceite. Sinto a sua alegria e sinto orgulho pelo fato de que o meu o trabalho é ressonante com eles. Sinto que se eu tiver alguns fãs, eles merecem certamente tudo o que sou capaz de lhes oferecer através da minha arte. Também tenho a sensação de pertencer a uma família. Agradeço-lhes... E nas palavras do meu autor favorito: 'Que a Força esteja convosco! '.


ENGLISH VERSION:
Lawrence Noble is a renowned artist whose 40 years career as a freelance illustrator and sculptor has produced memorable pieces as the bronze Yoda fountain statue.
SWCP: How it began your relationship with Lucasfilm?
L.N: My relationship with Lucasfilm began in 1980 when I was invited to produce a one-sheet poster design to advertise "The Empire Strikes Back". It ended up being used ten years later as the 10th Anniversary Poster for the film. To me, this involvement, which ushered in such a long relationship, was a dream of a lifetime. It is hard to put into words the joy that I felt at the time...to have been chosen to design a poster for Lucasfilm? It was simply Amazing... I felt it then and still feel it so many years later. I suppose I succumbed to the spell which Lucasfilm cast. Oh my, was I excited. I am actually surprised that I was able to do anything; however, even thirty years later, I still think the design works.
SWCP: Tell us about your recent book called `The art of Lawrence Noble ´published by Dreams and Visions.
L.N: The Art of Lawrence Noble is an art book that spans my forty year career. It begins with my early illustrations and continues through to the present. It documents my journey and evolution into the field of public sculpture, telling stories along the way as well as showcasing many photographic essays of my two dimensional and three dimensional works. I have been working at art for a very long time and you know, I have never had a show of my own. This is an opportunity to put my work out there, in order, recording my journey. I so hope that people will want to buy one for their collection. It has been an emotional 

ride to put it together and Dreams and Visions Press has done a remarkable job in getting it done and out in front of the public. I believe it is a quality project, and reflects the best we could do!
SWCP: The bronze Yoda fountain statue at Lucasfilm headquarters is magnificent. How much time did you take building it?
L.N: Thank You! As I recall, it took a total of about 5 months. Some of that time consisted of a design phase, coupled with the sculpture in clay and then followed through with the bronze casting process. It was cast at Artworks Foundry here in Berkeley, California. I have been casting my large scale bronzes here since about 1987. The sculpture of Yoda was hugely rewarding for me as it was such a joy to sculpt. Prior to sculpting that piece, I had been working very long and very hard on the California Firefighters' Memorial. I was honored to have been chosen to do the memorial, and I love firefighters, however, I was exhausted from the emotional involvement and so welcomed the chance to work on such an endearing character! I love Yoda. He makes me think about life and what it all means... and he makes me smile.
SWCP: How the idea appeared to picked up a paint brush of your late friend and colleague Ralph McQuarrie´s original movie poster concept for Star Wars? 


L.N: Ralph McQuarrie was a dear friend of mine.... and an inspiration to me! I was amazed at his unique ability to conceptualize the way he did. We had many conversations about art and the Star Wars Saga, and they were always so enjoyable. As he was no longer able to paint, his publisher, Stan Stice, owner of Dreams and Visions Press, asked if I would paint his original design for "Star Wars, A New Hope" (Star Wars: Episode
4). Of course I said yes. I loved that design and was honored to have been asked to do it. Ralph worked alongside me, directing me in the colors and imagery he had in mind when he had originally designed the piece. In the end, Stan and Ralph were both pleased with the painting and that certainly made me happy! Dreams and Visions Press is the publisher behind my book, so I would say that things have worked out pretty well... By the way, if you look closely at the signature you will see the initials "RMQ" above my name. This was done in deference and in honor to my friend.
SWCP: Were recently unveils by George Lucas, two bronze statues of Yoda and Indiana Jones created by you at new Imagination Park in San Anselmo/California. How it was this experience for you?
L.N: Imagination Park in San Anselmo has been a wonderful experience for me. The park land itself was donated by George Lucas. I have witnessed the gratitude that San Anselmo has for such a beautiful park on their main street. It is a place for the community to gather. San Anselmo is George Lucas's hometown and where the characters Yoda and Indiana Jones were originally created. I am grateful for the opportunity to be involved with Imagination Park. To have spent some time there with George was a marvelous experience. He actually unveiled the two statues himself! Witnessing that was amazing... I was so proud to be asked to be there, and prouder still that my wife, Libby, was there to witness it with me!
SWCP: Would you like to leave a message for the fans of your works?
L.N: I have been truly blessed to have had the opportunity to devote my life to art. It is something that has enriched my life experience. I have been grateful for those fans that have chosen to like my work and feel very much in their debt. As an artist, I feel satisfied when the message I have worked so hard to express is accepted. I feel their joy and take pride in the fact that my work resonates with them. I feel that if I have any fans, they certainly deserve everything that I am capable of giving to them through my art. I also have the sense of belonging to a family. I thank you all...and in the words of my favorite author: "May the Force be with you!"