quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

Star Wars Marvel:Epic Collection

O website oficial de Star Wars,publicou uma imagem do que será a capa do primeiro volume da nova série de banda desenhada de Star Wars editada pela Marvel.Intitulada `Epic Collection´esta série de BD terá cada título que vai saltando da linha temporal de Star Wars,começando a partir do episódio III.Esta é uma seleção das melhores recompilações das histórias editadas anteriormente pela Marvel.

domingo, 14 de Setembro de 2014

Entrevistas SWCP: Pat Presley

O Americano Pat Presley é um designer conceptual e artista de desenvolvimento visual que trabalha actualmente na Lucasfilm Animation.
SWCP: Fale-nos do seu trabalho na série animada (CGI) Star Wars:The Clone Wars.
P.P: Fui um dos designers conceptuais em SW:The Clone Wars.Comecei no início da segunda temporada e continuei a trabalhar nela há quase seis anos até a série acabar em 2013. Trabalhei a maior parte num lote de planetas e design de arquitetura.Apesar de a minha especialidade ser sobre ambientes e veículos conceptuais, eu criei alguns personagens para a série como o Embo, os caçadores Trandoshanos entre outros. Foi um grande projecto para trabalhar onde aprendi muitas coisas sobre design e conheci tantas pessoas incrivelmente talentosas.  


SWCP: Participou na workshop de maquetes do Richard Miller, onde reencontrou vários colegas e amigos. Como foi essa experiência? 
P.P: Bem, eu sempre quis aprender a esculpir e o Richard é um incrível mestre escultor. Então, quando a oportunidade surgiu no Ranch, estávamos todos muito animados com isso. Obviamente, ele era um grande professor assim como um homem muito engraçado. A melhor coisa sobre a oficina do Richard foram as histórias  "por trás das cenas" infinitas que o Richard nos contou quando trabalhou em Star Wars e noutros filmes. No geral, eu aprendi muito e sinto-me afortunado por ter feito parte da sua classe.
SWCP: Está a trabalhar na nova série de animação Star Wars Rebels.O que nos pode dizer sobre o seu trabalho nessa série?  

P.P: Eu já não estou a trabalhar na série "Rebeldes". Trabalhei nela no início até Setembro quando deixei a Lucasfilm.Já que a série ainda não foi lançada, realmente não há muito que possa dizer sobre isso. A maioria do meu trabalho tinha a ver com alguns dos veículos mais icónicos da série. Alguns delesforam apresentados na NY Comic Con,a versão do Star Destroyer que trabalhei bem como o AT-DP que foi inspirado por um desenho não utilizado do Joe Johnston. Então ter trabalhado nesse "legado" em design, foi muito divertido e uma grande experiência para mim.
SWCP: Tem algum personagem favorito de Star Wars?
P.P: Tenho de dizer que é o Luke Skywalker porque ele passou pela maioria das alterações e foi em última análise, a redenção do seu pai.
SWCP: Que mensagem quer enviar aos fãs de Star Wars?
P.P: É um momento muito emocionante para Star Wars. Com o novo filme e a nova série televisiva, é um grande momento para ser um fã uma vez mais! Estou ansioso para me juntar a vocês como um fã e desfrutar de todo o novo conteúdo de Star Wars.
Obrigado!
Pat Presley
Concept Designer and Visual Development Artist



 

ENGLISH VERSION:

The American Pat Presley is a conceptual designer and a visual development artist who worked at Lucasfilm Animation.
SWCP: Tell us about your work on the animated series Star Wars: Clone Wars.
P.P: I was one of the concept designers on The Clone Wars. I started at the beginning of Season 2 and continued to work on it for almost 6 years until the show was over in 2013. I mostly worked on a lot of planet and architecture design for the show. While my specialty is in environment and vehicle concepts, I have created some characters for the series...some of the one I worked on are Embo, the Trandoshan Hunters among others. It was a great project to work on where I learned so many things about design and met so many incredible talented people. 

SWCP: You participated in workshop maquettes by Richard Miller, where did you meet several colleagues and friends. How it was this experience?
P.P: Well, I always wanted to learn how to sculpt and Richard is an incredible master sculptor. So when the opportunity came up at The Ranch, we were all very excited about it. Obviously he was a great teacher and as well as a very funny man. Some of the best thing about Richard’s workshop was the endless "behind-the-scene" stories that Richard told us about working on Star Wars and other films. Overall I learned a lot and I feel fortunate to be taking his class. 

SWCP: You´re currently works on the new series Star Wars: Rebels. What can you tell us about your work in this series?
P.P: I am no longer working on "Rebels". I was on it at the beginning up until September when I left Lucasfilm. Since the show hasn't been released, there's really not much I can say about it. Most of my work on the show had to do with some of the more iconic vehicles in the series. Some of those were released at NY Comic Con, The Star Destroyer version that I worked on as well as the AT-DP that was inspired by an unused design by Joe Johnston. So working on that “legacy” design was a great fun experience for me.
SWCP: Do you have any Star Wars favorite character? 

P.P: I would have to say Luke Skywalker because he's gone through the most changes and was ultimately his father's redemption.
SWCP: What message would you like to send for Star Wars fans?
P.P: It is a very exciting time for Star Wars. With new movie and new TV show, it's a great time to be a fan once again! I am looking forward to join you guys as a fan and enjoy all the new Star Wars content.
Thanks!
Best
Pat Presley
Concept Designer and Visual Development Artist

Um Unicórnio em Tróia

Os apreciadores e profissionais do cinema fantástico,ficção científica e animação,terão a oportunidade de conhecer ao vivo e interagir com alguns dos mais conceituados artistas de efeitos especiais em todo o mundo como Syd Mead,Christian Alzmann,Ben Mauro,entre outros.O evento denominado `Trojan Horse was a Unicorn´decorrerá em Tróia entre os dias 17 a 20 de Setembro.Este é um encontro mundial dos mais consagrados  criadores digitais da nova geração,onde decorrerão workshops,entrevistas de recrutamento,conferências,lições de desenho e muita festa.A respetiva programação pode ser visualizada neste link: https://trojan-unicorn.com/DownloadableSchedule.pdf
Website oficial: https://trojan-unicorn.com/

sábado, 13 de Setembro de 2014

Star Wars no Disney Channel

Estreou hoje (13 de Setembro) no Disney Channel a Série Phineas e Ferb no Star Wars Episódio IV. Há 2 anos fizeram o mix das personagens com o universo Marvel, e hoje estrearam com o universo Star Wars. Logo a seguir a esta estreia,segue-se um resumo sobre Star Wars Rebels (Shorts).
Kanan, Hera, Zeb e Sabine constituem a equipa da Espírito e juntos tentam ajudar todos os que deles necessitam pela Galáxia, dando golpes no Império ao mesmo tempo. Ezra, um jovem solitário e sem família, sempre agiu só, mas agora talvez esteja na altura de se unir a esta equipa.E a seguir o 3º episódio da série As Novas Crónicas De Yoda.Uma manhã em cheio para os fãs de Star Wars!


Star Wars em cem cenas

A editora DK lançou um novo livro sobre Star Wars intitulado `Star Wars in 100 scenes´ da autoria de Jason Fry que apresenta 208 páginas ilustradas com as melhores cenas dos seis episódios da saga.


sexta-feira, 12 de Setembro de 2014

Paris Comics Expo 2014

Pela primeira vez,os atores Anthony Daniels ( C3PO) e Kenny Baker ( R2D2) estarão ambos presentes(dia 22) na Paris Comics Expo que se realizará na capital francesa entre os dias 22 e 23 de Novembro de 2014.Uma prenda de Natal antecipada para os fãs de Star Wars que tenham oportunidade de visitar este certame. http://www.pariscomicsexpo.fr

quinta-feira, 11 de Setembro de 2014

Entrevistas SWCP: Ricco Ross

O ator americano Ricco Ross, participou em diversos filmes e séries televisivas como: Aliens:O resgate,Babylon 5,Missão impossível (1996),O mestre dos desejos, entre outros.
SWCP: Foi quando ganhou uma bolsa de estudo para a UCLA,que sentiu que tinha grandes hipóteses de seguir uma carreira artística?
R.R: Sim, quando entrei na UCLA senti que o mundo seria meu a partir daí. Foi o dia mais feliz da minha vida nessa altura.
SWCP: Um dos seus primeiros papéis, foi na aclamada série policial `A balada de Hill Street’. Como foi essa experiência?
R.R: O meu papel em Hill Street não foi pequeno. Fui uma estrela convidada em 3 episódios. Um dia antes do primeiro episódio ter sido apresentado, um tipo que parecia um feitor, aproximou-se de mim e disse que só tinha visto uma parte do meu primeiro episódio e achou que eu era óptimo nisso. Eu sorri e agradeci-lhe. Mais tarde, percebi que ele era o produtor Steven Bochco e fiquei contente por não ter feito figura de parvo quando o conheci. 

SWCP: Fale-nos do seu papel (Soldado Frost) no filme Aliens: O Reencontro Final.
R.R: Eu estava a viver e a trabalhar em Londres como ator. Tudo bem, aqui está uma coisa que ainda não tinha contado em nenhuma entrevista. Fui para Londres estudar teatro clássico, após ter ficado frustrado por ter sido convertido num membro de um gangue para o casting de Hills Street Blues. Eu já tinha um Mestrado da UCLA e recusei-me a ser apenas considerado para papéis de bandido. Ainda, como um jovem negro ator naquela época em Hollywood não havia muito mais que fazer. Então fiz o teste, entrei e mudei-me para Londres. No primeiro ano do programa, os professores aconselhavam os americanos a adquirirem um sotaque inglês para que eles se pudessem concentrar em mais personagens. No final do ano, eu tinha um sotaque inglês melhor do que a maioria dos londrinos. Eu não queria voltar a Hollywood, pois sentia que nada mudaria e realmente queria ver se conseguiria trabalhar como um ator inglês para uma audiência inglesa. Gostei dos meus colegas ingleses que frequentavam as mesmas audições para papéis de inglês. Quando me perguntavam que escolas tinha frequentado, apenas mencionei a Academia de artes dramáticas (LAMDA) de Londres da qual eu tinha acabado o curso recentemente. Trabalhei numa peça teatral em Manchester após algumas audições, interpretando o papel de um marinheiro inglês que contracenava com a estrela Julia Hills.Com o passar dos tempos, até trabalhar no filme ´Aliens´interpretei papéis ingleses e americanos. Tinha-me sido oferecido um papel em `Full Metal Jacket´,do Stanley Kubrick como o Tenente Cleveland mas já me tinha encontrado anteriormente com o James Cameron. O James ofereceu-me o papel no local logo no primeiro encontro. O Kubrick ofereceu- me um contrato de oito semanas um dia mais tarde. `Full Metal Jacket´ sobrepor-se-ia uma semana e o James disse-me que podia ir para `Aliens´ com uma semana de atraso se o Kubrick me "libertasse". O Kubrick garantiu-me que só me “libertava” depois de oito semanas, então eu tive que escolher e o resto é história.
SWCP: Tendo trabalhado e vivido em Inglaterra, onde participou inclusive na popular série Doctor Who,que diferenças notou mais na área da atuação entre os E.U.A e o Reino Unido? 

R.R: Eu acho que no geral, o ator é tratado com mais respeito como artista no Reino Unido. Nos E.U.A, se você é uma celebridade é tratado como uma realeza, quer seja talentoso ou não. No entanto, os atores que não são famosos, são geralmente tratados como trabalhadores. Também notei que os atores no Reino Unido tratam o seu trabalho porque o amam. Os atores de Hollywood atuam quase como se fosse uma obsessão. Prefiro o sistema do Reino Unido é mais personalizado.
SWCP: Que mensagem gostaria de enviar aos seus fãs?
R.R: Não só estou a lançar fumaça sobre vocês, mas acho que os fãs de Aliens e os fãs de ficção científica em geral, são os mais criativos, inteligentes, divertidos e apreciativos fãs da Galáxia! Uma vez quando estava a assinar um autógrafo para um fã chamado Tyler Durden, eu disse a ele que tinha gostado muito de um poster que ele tinha feito sobre mim. Ele disse que poderia enviar-me um. Uma semana depois, ele enviou-me quatro posters de mim relacionados com o filme Aliens, a maioria dos quais nunca tinha visto! Quero enviar um grande abraço a ele, à sua esposa e a todos os incríveis fãs por serem a linha da vida de Aliens. O filme não seria o que é, se não fossem vocês.




 
ENGLISH VERSION:

The American actor Ricco Ross participated in several films and television series such as: Aliens (1986), Mission Impossible (1996), Babylon V, Whismaster, among others.
SWCP: It was when you earned a scholarship to UCLA, that you felt you had great chances to have an artistic career?
R.R: Yes when I got into UCLA I felt the world would be mine from that point on. It was the happiest day of my life at that point.
SWCP: One of your first Television roles was a small part in `Hill street blues´ series. How it was this experience?
R.R: My role on Hill Street wasn't small. I was a guest star with 3 episodes. One day before the first episode had screened a man that looked like a gaffer approached me and said he had just seen a cut of my first episode and said he thought I was great in it. I smiled and thanked him. Later I realized that he was THE producer Steven Bochco and was so glad I didn't make a complete ass of myself. 

SWCP: Tell us a bit more about your role as Private Frost in `Aliens´ (1986).
R.R: I was living and working in London as an actor. Alright, here is a scoop I have never told in any interview. I went to London to study classical theater after getting frustrated with being type cast after playing a gang member in Hills Street Blues. I already had a Masters from UCLA and refused to only be considered for gang roles. Still, as a young Black actor at that time in Hollywood there wasn't much else to do. So I auditioned, got in, moved to London. In the 1 year program the professors advised the Americans to acquire an English accent so that they could focus on character more. By the end of the year, I had a better English accent than most Londoners. I didn't want to go back to Hollywood so soon as I felt nothing would change & I really wanted to see if I could pull of playing an English actor in front of and English audience. So I like my English colleges stared going on auditions for English roles. When asked where I attended school I only mentioned the London Academy of Dramatic Arts (LAMDA) which I had just finished. I booked a play in Manchester after a few auditions and played an English sailor opposite my co star Julia Hills. By the time I went up for Aliens a couple years had passed and I was playing English and American roles. I had just been offered a role in Stanley Kubrick's Full Metal Jacket as Lt. Cleveland but met with James  


Cameron before anyway. James offered me the role on the spot. Kubrick offered me an 8 week contract a day or so later. Full Metal Jacket would overlap 1 week and James told me I could come to Aliens a week late if Kubrick would release me. Kubrick would guarantee to release me at 8 weeks so I had to choose and the rest is history.
SWCP: In the late 1980´s, you lived and worked in United Kingdom where you had guest appearance in the popular series Doctor Who. What differences have you noticed more between United Kingdom and E.U.A about the movies/series industry?
R.R: I think the actor is treated with more respect as an artist in the UK in general. In the US, if you're a celebrity you're treated like royalty, talented or not. However, actors that aren't, no matter if they are more talented or not, they are generally treated as laborers. I also noticed that actors in the UK treat acting like a job they love. Hollywood actors treat acting as almost an obsession. I prefer the UK system is personally. 

SWCP: Would you like to leave a message for your fans?
R.R: I'm not just blowing smoke up you, but I think the fans of Aliens and Sci-Fi fans in general are some of the most creative, intelligent, fun and helpful, and appreciative fans in the galaxy! Once while signing for fan, Tyler Durden, I told him that I liked a poster he had made of me. He said he would send me one. A week later he sent 4 poster shots of me from Aliens, most of which I had never seen. All on his dime!!! Want to give a big shout out to him, his wife and all the amazing fans for being the life line of Aliens. The movie would not be what it is if not for you and that's just keeping it real.
Stay Frosty!

quarta-feira, 10 de Setembro de 2014

Danças no varão com as forças imperiais e Jedi

A página do Facebook do grupo PoleNerdsBrasil,apresenta várias fotos com figurantes femininos trajados a Stormtroopers,Darth Vader e Jedi a dançar no varão.Esta é uma original forma de divulgar esta dança que cada vez mais já não é só uma arte exclusiva das stripers,havendo inclusivé campeonatos mundiais desta dança.