sábado, 31 de julho de 2021

Star Wars Hot Toys Showcase | Sideshow Con 2021

O poster oficial de Star Wars: Galactic Starcruiser no Walt Disney World Resort

 

Com estreia em 2022 no Walt Disney World Resort, Star Wars: Galactic Starcruiser vai convidá-lo para um novo tipo de "storyliving" enquanto você viaja pela galáxia numa nave espacial. Até agora, muitos detalhes sobre esta nova experiência foram tão enigmáticos quanto um espião Bothan, por isso é emocionante saber o que já foi anúnciado e ter uma ideia do que se poderá disfrutar baseado no que aparece no poster oficial que já foi revelado.   

O cruzador espacial Halcyon será o vosso lar para esta aventura de duas noites.Esta elegante nave é conhecida pelo seu serviço impecável, entretenimento fabuloso e jantar requintado, tudo o que você vai começar a desfrutar durante as suas férias. (Nota lateral:Pode-se ver um modelo do navio agora mesmo em Walt Disney Presents no Disney's Hollywood Studios.) 

Há quatro pessoas no centro do poster - um jovem com vestes Jedi e empunhando um sabre de luz, um adulto vestido com o uniforme de um oficial da Primeira Ordem, um adulto Twi'lek, e outro jovem que parece estar a segurar algum tipo de tecnologia. Essas figuras são destinadas a representá-los, os viajantes, porque Star Wars: Galactic Starcruiser é sobre as vossas escolhas e como viverão as vossas histórias pessoais de Star Wars. Você quer apoiar a Primeira Ordem? Viver como um Jedi em treinamento? Ou talvez se tornar um membro da alta sociedade galáctica? Está tudo esperando para você descobrir e decidir. 

Na frente dessas figuras centrais está um dróide astromech série R.No centro esquerdo, podemos ver os passageiros desfrutando da notável cozinha oferecida na Sala de Jantar Crown of Corellia, o clube de jantar sedutor do starcruiser. A comida e a bebida certamente parecem de outro mundo...  

A imagem no lado inferior direito,refere-se ao treino com sabres de luz! Isso mesmo, como parte da vossa experiência, poderão enfrentar um controle remoto de treinamento semelhante ao que o Luke Skywalker usou.

Iminente acima de tudo este é o rosto intimidador de Kylo Ren. Junte-o com os stormtroopers da Primeira Ordem entrando na cena do lado esquerdo e... Temos um mau pressentimento sobre isso. O cruzador espacial Halcyon tem um passado histórico, afinal, e uma reputação de se encontrar no meio de conflitos galácticos. Felizmente Chewbacca e o seu fiel bowcaster estão lá no canto superior direito.Mas lembrem-se, não é sábio perturbar um Wookiee! 

E não percam o que está a acontecer na parte inferior do poster. Há algo muito familiar nessas torres – especialmente para quem viajou para Batuu. Ouvimos dizer que o Cruzador Halcyon estará adicionando aquele planeta distante ao seu itinerário a partir do próximo ano...  

Fonte: https://disneyparks.disney.go.com/






 



sexta-feira, 30 de julho de 2021

Como os Jedi acabaram com Star Wars Galaxies

 

Embora houvesse uma tonelada de fatores que levaram a acabar com o jogo  Star Wars Galaxies,os Jedi podem ter ironicamente condenado o jogo antes mesmo deste ser lançado.

Pode-se dizer que Star Wars Galaxies é um dos MMOs mais únicos alguma vez produzidos. Em vez de classes como Stormtroopers, os jogadores poderiam especificar em diferentes habilidades, permitindo que todos desempenhassem o seu próprio e único personagem. Cidades e facções inteiras no jogo iam e vinham, a economia era completamente impulsionada por jogadores e os jogadores viviam as suas próprias histórias de Star Wars.Numa reviravolta irónica do destino, os Jedi do jogo acabaram condenando o MMO. 

Numa apresentação recente na Game Developers Conference, o ex-diretor do Galaxies Raph Koster e o ex-produtor executivo Richard Vogel descreveram algumas questões bastante significativas que surgiram durante o desenvolvimento e de até mesmo adicionar os Jedi às Galáxias. Eles estiveram em desacordo com a LucasArts, que queria que os Jedi fossem um fator importante na história. No entanto, o período de tempo em que o jogo foi ambientado, a Guerra Civil Galáctica, foi um em que os Jedi eram incrivelmente raros no canone. Por design, uma classe Jedi também seria muito mais poderosa do que a maioria das outras classes, criando problemas com o equilíbrio do jogo, sem mencionar que tiraria o foco de outras classes jogáveis.

A equipa de desenvolvimento foi informada de que eles não poderiam mudar o período de tempo, mas tinham que ter os Jedi como uma classe jogável. Koster chamou a inclusão de Jedi, "o pecado original do jogo", durante a apresentação e previu que os Jedi levariam a muitos dos problemas que as Galáxias enfrentariam. O problema Jedi inicial só seria piorado pela LucasArts precisando aprovar todos os aspectos do jogo, ambição excessiva por parte da equipa de desenvolvimento e a data de lançamento. O plano inicial, de acordo com Koster, era que os jogadores teriam que completar uma seleção aleatória de atividades no jogo para desbloquear a classe Jedi. Para economizar tempo, a equipa em vez disso, foi com uma seleção aleatória de cinco habilidades diferentes fora do 612 do jogo que eles teriam de aprender a se tornar um Jedi. Esta decisão de última hora causaria tumulto, pois o marketing insistiria que precisava haver Jedi em Star Wars Galaxies naquele Natal. 

Foram deixadas de lado as dicas para tentar envolver os jogadores no que precisavam fazer para se tornarem Jedi, mas essas dicas rapidamente deram todo o sistema. A quantidade de Jedi disparou e começou a ofuscar qualquer outra maneira de jogar, como agricultura, construção de cidades e guerra de facções que os jogadores amavam. Como as habilidades foram o que desbloqueou se tornando um Jedi, os jogadores abandonaram os seus antigos estilos de jogo e tentaram aprender todas as habilidades do jogo.

Quando os jogadores foram forçados a jogar em estilos de jogo que eles não gostavam, pararam de jogar. Galáxias estavam a sangrar os jogadores nesse momento e o lançamento de World of Warcraft na mesma época, também não ajudou. Koster e Vogel deixariam o desenvolvimento por volta desta época e, em vez disso, teriam uma visão externa sobre o jogo, incluindo a reconstrução de combate new game experience. O NGE é infame, e muitos consideram que é um dos piores patches para qualquer videojogo. 

Algumas das características mais inovadoras que o jogo tinha para oferecer foram completamente embora após o patch NGE ter sido lançado. A pior mudança de tudo foi que as habilidades personalizáveis foram substituídas por classes e Jedi estavam disponíveis desde o início do jogo. Os Jedi tinham ido de uma classe rara com condições de desbloqueio desconhecidas para algo que os jogadores poderiam simplesmente escolher desde o início, e o resultado foram jogadores desinteressados. Para o crédito da Sony Online Entertainment, eles tentaram trazer os jogadores de volta com correções de bugs, eventos e, eventualmente, a capacidade dos jogadores de fazer as suas próprias missões.

 

O grande número de jogadores que desistiram levou o jogo a ser encerrado a 15 de dezembro de 2001. Star Wars Galaxies não está morto, pois comunidades dedicadas como SWG Legends, GWGemu e Restoration II foram dedicadas a manter um dos MMOs mais ambiciosos já tentados,bem vivo com servidores de terceiros. Apesar do mau manejo dos Jedi que coloca a corrida oficial do jogo de joelhos, a própria comunidade que definiu o auge de Galaxies é agora o que o mantém vivo.

Artigo publicado por JACOB CRESWELL para o website https://www.cbr.com/

 

 

quinta-feira, 29 de julho de 2021

Lucasfilm contratou o YouTuber que usou deepfakes para replicar em VFX o Luke Skywalker na série 'Mandalorian'

 

O YouTube está cheio de vídeos deepfake que tentam melhorar a polarização dos efeitos visuais nos filmes, mas raramente esses vídeos levam a trabalhos reais em estúdio. Um popular YouTuber deepfake que atende pelo nome "Shamook" anunciou este mês na seção de comentários de um dos seus vídeos que ele se juntou à equipa na Lucasfilm's Industrial Light and Magic. A IndieWire confirmou a contratação com a Lucasfilm.

A notícia é tão notável quanto um dos vídeos mais virais de Shamook que é um deepfake que melhora o VFX usado em "The Mandalorian" na temporada II ,para refazer o aspecto físico de Mark Hamill num jovem Luke Skywalker. O vídeo tem quase dois milhões de visualizações no YouTube. 

"A Industrial Light and Magic está sempre à procura de artistas talentosos e, de fato, contratou o artista que atende pela persona online Shamook'", disse um representante da Lucasfilm num comunicado. "Nos últimos anos, a ILM tem investido tanto na aprendizagem com máquinas quanto na I.A. como um meio de produzir um trabalho de efeitos visuais atraentes e tem sido ótimo ver a construção de impulso neste espaço à medida que a tecnologia avança."

Outros deepfakes do artista Shamook podem ser vistos neste link:

 https://www.youtube.com/c/Shamook

 

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Entrevistas SWCP: Tom Taylorson

 

Tom Taylorson é um veterano dobrador de vozes com décadas de experiência em comerciais, videojogoss, animação e audiolivros.Os seus clientes variam desde a Hyundai,McDonalds,Blizzard à Warner Brothers Games e á Disney e Lucas Film Animation. Na série de animação,Bad Batch, foi a voz dos personagens Roland Durand e Masked Guard. Ele também foi a voz do Agente Raith em Star Wars: Resistance.

SWCP: Como surgiu a oportunidade de trabalhar nas séries de animação, Bad Batch e Star Wars: Resistance? 


T.T: Fiz um teste para eles! O estúdio envia o que eles estão a procurar, que faz o seu caminho para agências de talentos, e então as agências enviam audições apropriadas para os seus atores. Queria que houvesse uma história mais interessante, mas é bem simples- eu fiz o teste e eles me escolheram. 

SWCP: Já era fã do universo Star Wars antes de trabalhar nestas séries? 

T.T: Eu era absolutamente um grande fã de Star Wars antes de trabalhar nas séries. Eu cresci com Star Wars. Vi O Regresso de Jedi nos cinemas. Há mais oportunidades de trabalhar em Star Wars do que nunca houve antes na minha vida. Estou muito grato por estar a trabalhar aqui com essas oportunidades.

SWCP: Se te fosse dada a oportunidade de interpretar um personagem de todo o universo Star Wars á tua escolha, qual seria?  


T.T: Honestamente, estou feliz por tudo o que fiz até agora.Adoraria a oportunidade de voltar e a interpretar o Roland. Acho que há muito mais nesse personagem para explorar. Seria muito divertido trabalhar nisso de novo.

SWCP: Entre tantos personagens que interpretaste em séries de animação, videojogos, etc,qual foi a mais difícil? 

T.T: Acho que o Scott Ryder em Mass Effect: Andromeda foi o maior desafio. E não é porque interpretá-lo foi um desafio. Eu diria que muito do seu retrato veio naturalmente. (Mas não necessariamente fácil) Mas foram-se realizando todos os pequenos bits ao longo de um ano e meio, fora de ordem, com quase nenhum contexto de outras performances ou outras informações que você geralmente espera com a atuação que o tornou um desafio único. E eu faria de novo num piscar de olhos.

SWCP: Em que projectos está atualmente a trabalhar? 


T.T: Em quase nada, honestamente! E como é um padrão agora nestes tempos...mas mesmo se eu estivesse a trabalhar em algo,talvez não seria capaz de te dizer.Os Acordos Não-Divulgação,estão envolvidos em tudo.

SWCP: Que mensagem gostaria de enviar aos fãs de Star Wars?  


T.T: Obrigado pelo vosso interesse no Roland. Espero voltar e revelar mais dele. Mas se não, com certeza que nos divertimos juntos, não foi? 


ENGLISH VERSION:

Tom Taylorson is a veteran voice actor with decades of experience in commercials, video games, animation, and audiobooks. His clients range from Hyundai to McDonalds, from Blizzard to Warner Brothers Games, to Disney and Lucas Film Animation and beyond. In the animated series, Bad Batch, he was the voice of the characters Roland Durand and Masked Guard.He was also the voice of Agent Raith on Star Wars: Resistance. 

SWCP: How did you get the opportunity to work on the animated series, Bad Batch and Star Wars: Resistance?  


T.T: I auditioned for them! The studio sends out what they're looking for, that makes its way to talent agencies, and then the agencies send appropriate auditions to their actors. I wish there was a more interesting story, but it's quite simple - I auditioned and they picked me. 

SWCP: Were you a fan of the Star Wars universe before you worked on these shows? 

T.T: I absolutely was a huge Star Wars fan before working on the shows. I grew up on Star Wars. I saw Return of the Jedi in the theaters. There are more opportunities to work on Star Wars than there ever has been before in my life. Very grateful to be working out here with those opportunities. 

SWCP: If you were given the opportunity to play a character from the entire Star Wars universe of your choice, what would it be? 

T.T: Honestly - I'm happy to have played what I have. I would love the opportunity to come back and play Roland. I think there is a lot more in that character to explore. It'd be a lot of fun to work on that again. 

SWCP: Among so many characters you played in animated series, video games, etc, which was the hardest to play? 

T.T: I think Scott Ryder in Mass Effect: Andromeda was the biggest challenge. And it's not because playing him was a challenge. I would actually say a lot of his portrayal came naturally. (but not necessarily easily) But it was performing all the small bits over the course of a year and a half, out of order, with next to no context of other performances or other information you usually expect with acting that made it a unique challenge. And I would do it again in a heartbeat. 

SWCP: What projects are you currently working on? 

T.T: Not much, honestly! And as is standard now a days - even if I was working on something I wouldn't be able to tell you. :) Non Disclosure Agreements are involved in everything.

SWCP: What message would you like to send to Star Wars fans? 


T.T: Thanks for your interest in Roland. I hope to come back and reveal more of him. But if not - we sure had fun together, didn't we? 



 

terça-feira, 27 de julho de 2021

Millennium Falcon das coleções PlanetadeAgostini á venda

 

O António Gonçalves tem para venda uma Millennium Falcon das coleções PlanetadeAgostini.Está já montada e personalizada mas infelizmente não tem onde colocá-la devido ás suas grandes dimensões. Se houver alguém interessado,pode contactar o António para o seguinte endereço do seu correio electrónico: newajdsg@gmail.com

Preço: 1200€ 



 


 

Por que é que na terceira temporada de Mandalorian,o sabre de luz do Gogru é amarelo e qual é o seu significado

 

O final da segunda temporada de Mandalorian,mostrou a conclusão da missão de Din Djarin durante toda a temporada. Com a aparição de Luke Skywalker na nave de Moff Gideon, Din Djarin finalmente devolveu Grogu a um Jedi. Juntos, Luke e Grogu treinarão nos caminhos da Força enquanto Luke busca reconstruir a Ordem Jedi. No entanto, ao contrário de Luke ou Yoda, o sabre de luz do Grogu é amarelo.

Como parte da Comic-Con@Home 2021, a Trends International lançou um novo poster de The Mandalorian intitulado "Size Matters Not" da autoria do  artista Russell Walks que mostra Luke Skywalker ao lado de Grogu,o seu novo Padawan. Luke está com as suas vestes Jedi e levitando um brilhante cristal Kyber amarelo, enquanto Grogu está levitando várias partes do sabre de luz. 

Após o final, Din Djarin tem novos problemas para resolver acerca de Bo-Katan e o Darksaber. Por causa disso e porque The Mandalorian tem sido centrado principalmente em torno do que Din Djarin está fazendo, alguns fãs têm a impressão de que Grogu e Luke não terão muito destaque na terceira temporada. No entanto, com o lançamento deste poster, parece que os fãs não terão que esperar muito tempo para ver o que Skywalker e o seu pequeno aprendiz estão tramando. Mesmo que eles não sejam o foco principal dessa Temporada, o seu paradeiro deve ser abordado até certo ponto.

Vale a pena realçar que o poster dá todas as indicações de que o sabre de luz de Grogu será amarelo enquanto treina com Luke. A maioria dos sabres de luz em Star Wars são azuis, verdes ou vermelhos, mas este não seria o primeiro caso de um Jedi usando um sabre de luz amarelo. Outros Jedi que usaram uma lâmina amarela,incluem os guardas do templo Jedi, Luke por um breve período e Rey no final de A Ascensão de Skywalker. Então, embora não seja inédito para alguém usar um sabre de luz amarelo, é definitivamente incomum e significa algo para o personagem. 

Em Star Wars,os sabres de luz são alimentados por cristais Kyber. Cada Jedi se conecta com um cristal em particular e imbui a sua energia da Força nele, o que transforma o cristal de sua aparência clara original para outra cor. No entanto, cada cor Kyber significa algo diferente e comunica a postura do seu usuário na Força. Não há muita clareza nos sabres de luz amarelos no canon da Disney, mas tradicionalmente, a cor amarela está associada a uma classe de Jedi chamada Jedi Sentinel. De acordo com Star Wars: Knights of the Old Republic, um Jedi Sentinel procura "encontrar um equilíbrio entre as disciplinas físicas e mentais da Ordem Jedi".

Fonte: https://www.cbr.com/


 


 

segunda-feira, 26 de julho de 2021

Disney Gallery: The Mandalorian, Making of the Season 2 Finale, chega ao Disney Plus a 25 de agosto

 

Um novo episódio da Disney Gallery chega ao Disney Plus a 25 de agosto, dedicado à realização do final da segunda temporada de Mandalorian. O novo capítulo concentra-se na grande participação do episódio, um jovem Luke Skywalker que veio e respondeu ao chamado de Din Djarin para um Jedi levar Grogu para o treinamento Jedi.Será revelada a tecnologia de ponta usada para que Mark Hamill parecesse tão jovem como no filme O Regresso de Jedi. O episódio falará sobre como os criadores da série trabalharam com Mark Hamill para criar um retrato fiel de Luke Skywalker no auge dos seus poderes. 

A notícia será bem recebida pelos fãs que sentiram que a cobertura da segunda temporada de The Mandalorian da Disney Gallery era relativamente leve quando chegou ao final, e surpreendentemente não mencionou a participação secreta. Parece que este episódio especial é a razão pela qual oferecerá um olhar mais profundo sobre o processo de pensamento dos escritores na forma de trazer Luke Skywalker para este pequeno canto da galáxia Star Wars, em vez de trazer de volta um personagem diferente ou criar um completamente novo para levar o Grogu.

Este anúncio vem na esteira da notícia de que a segunda temporada de Mandalorian recebeu 24 indicações ao Emmy, incluindo para Melhor Série Dramática. É bem cronometrado para refrescar a mente das pessoas sobre a série antes da cerimónia de premiação. Não sabemos exatamente quando a terceira temporada irá para o ar, mas espera-se que seja em 2022. Enquanto isso, O Livro de Boba Fett chegará ao Disney+ ainda este ano com Jon Favreau, Dave Filoni, Bryce Dallas Howard e Robert Rodriguez confirmados como diretores.

Fonte: https://www.starwarsnewsnet.com/

 

domingo, 25 de julho de 2021

Atriz de 'Star Wars: Obi-Wan Kenobi' Moses Ingram mostra as suas habilidades com um sabre de luz e também novas fotos do set foram reveladas

 


 A Lucasfilm anunciou oficialmente o elenco de Obi-Wan Kenobi, onde, além de confirmar o regresso do tio Owen e da tia Beru,anunciou também que a actriz Moses Ingram se juntará ao elenco.Moses teve o seu primeiro papel importante na aclamada minissérie Queen's Gambit, da Netflix. Logo após o anúncio, a Variety informou que o seu papel nesta série de Star Wars seria importante. A própria actriz seguiu com um post no Instagram da lista do elenco, e uma legenda: "Eu brinco com sabres de luz". 

Enquanto as especulações corriam por algumas semanas sobre o seu papel na série, muitas pessoas assumiram que ela estava apenas a brincar com as palavras, e que estava essencialmente a dizer: "Estou em Star Wars!!"mas o seu papel provavelmente não incluirá nenhuma habilidade de sabre de luz. Bem, parece que essas pessoas estavam erradas, como a atriz acabou de postar um vídeo no Instagram de si mesma treinando em preparação para a série e ela é... Bem, brincando com sabres de luz... 

O seu entusiasmo é tão palpável quanto as suas habilidades com um sabre de luz. Um personagem de As Guerras Clónicas? Barriss Offee, talvez? Uma jovem Ahsoka? Ou será um personagem totalmente novo? O facto de que o seu papel será proeminente não deve ser negligenciado.

Obi-Wan Kenobi esteve a ser filmando em Los Angeles (embora não tenha sido por mais de dez dias), como vimos nas fotos vazadas por Noah Outlaw da Kessel Run Transmissions que postou no Twitter mais fotos que demonstram que as filmagens já estão em andamento: 


Ewan McGregor e Hayden Christensen estarão de volta como Obi-Wan e Darth Vader(?) A primeira (e única) temporada será composta por seis episódios de uma hora de duração dirigidos por Deborah Chow e escritos por Joby Harold.

Estreará no canal Disney Plus em 2022.

Star Wars Hot Toys Showcase | Sideshow Con 2021